Início\ Informação\ Regiões \ Lisboa \ Vinhos DOP \ Óbidos
DOP "Óbidos"

Legislação Base

Decreto-Lei n.º 212/2004, de 23 de Agosto, Portaria n.º 816/2006, de 16 de Agosto e Reg. (CE) nº 1234/2007 do Conselho, de 22 de Outubro, com as alterações introduzidas pelo Reg. (CE) nº 491/2009, do Conselho de 25 de Maio.

 

Área Geográfica

A área geográfica correspondente à Denominação de Origem Controlada "Óbidos" abrange os concelhos de Bombarral (freguesias de Bombarral, Carvalhal, Roliça e Vale Côvo), Cadaval (freguesias de Algube, Cadaval, Figueiros, Lamas, Painho, Peral, Pêro Moniz, Vermelha e Vilar), Caldas da Rainha (freguesias de A-dos-Francos, Alvorninha, Landal, São Gregório de Fanadia e Vidais) e Óbidos (freguesias de A-dos-Negros, Gaeiras e São Pedro).

Tipos de Vinho Rendimento Máximo (hl/ha) Título Alcoométrico
Volúmico Mínimo (% Vol.)
Estágio Obrigatório (meses)

VQPRD      
   Tinto 70 12 8
   Branco 90 11 -
   Rosado 90 11 -

VEQPRD 90 11 9

Castas Tintas

Alicante Bouchet, Amostrinha, Aragonez (Tinta Roriz), Baga, Cabernet Sauvignon, Caladoc, Camarate, Carignan, Castelão, Jaen, Merlot, Pinot Noir,Preto Martinho, Syrah, Tinta Barroca, Tinta Miúda, Touriga Franca, Touriga Nacional e Trincadeira (Tinta Amarela).

Castas Brancas

Alicante Branco, Alvarinho, Antão Vaz, Arinto (Pedernã), Chardonnay,Encruzado, Fernão Pires (Maria Gomes), Jampal, Loureiro, Malvasia Rei,Moscatel Graúdo, Rabo de Ovelha, Ratinho,Riesling, Sauvignon, Seara Nova,Verdelho, Viognier, Viosinho e Vital.

Características Organolépticas

Vinhos Tintos
Abertos de cor, suaves e perfumados.


Vinhos Brancos
Têm cor amarelo-citrina e aroma e sabor frutados.

Nota:
Em itálico, entre parêntesis, são indicados os sinónimos reconhecidos.